O Passaporte Brasileiro

O Passaporte Brasileiro

O Passaporte Brasileiro

O passaporte é um documento imprescindível para viagens internacionais, isso quase todo mundo sabe. Mas na hora de fazer (requerer) o seu surge um mar de dúvidas. Hoje a World Study vai ajudar você a saná-las!

Por que tanta burocracia?

Já avisamos de antemão que “tirar” o passaporte não é um processo muito divertido. Por outro lado, ele é um documento oficial de identificação para viagens internacionais, ou seja, é uma maneira de proteger-se no exterior, garantindo às autoridades dos outros países que você é um cidadão brasileiro viajando dentro da legalidade. Então nada de viajar sem passaporte, certo!?
Só se você for pertinho…
Os países do Mercosul, acordo político-econômico que se dá entre os vizinhos latinos, não pedem passaporte, basta ter um documento com foto e validade.
Esses países são: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e a Venezuela.

Quais os tipos de Passaporte Brasileiro?

O atual modelo comum de passaporte brasileiro (azul), usado por civis em viagens casuais tem validade de 10 anos e segue as normas de segurança definidas em conjunto pelos países do Mercosul.
Mas existem outros tipos de passaporte, com diferentes cores e funções. Bora conhecê-los?

Passaporte Azul-Celeste: O Passaporte Azul-Celeste, conhecido como Passaporte de Emergência, tem uma taxa elevada e pode ser entregue em 24 horas e possui um prazo de validade bem mais limitado (1 ano). Ele é destinado àqueles e àquelas que, após passarem por toda burocracia, provarem que necessitam do documento com urgência, seja para resolverem assuntos de saúde, conflitos armados, de patrimônio ou da Administração Pública.

Passaporte Amarelo: Esse tipo de Passaporte é destinado aos estrangeiros legalizados no Brasil, que deixaram seu país mas pretendem voltar (refugiados, asilados).

Passaporte Verde: Feito pelo Ministério das Relações Exteriores, esse tipo de Passaporte é destinado aos oficiais e aos dependentes de autoridades (menores de 21 anos ou deficientes físicos).

Passaporte Vermelho: Igual ao Verde, mas direcionado aos diplomatas.

Passaporte Marrom: Um pouquinho mais difícil de se ver por aí, o Passaporte Marrom, também conhecido como Laissez-Passer, é destinado aos viajantes de países cujo Brasil não tem relações diplomáticas.

Solicitando o Passaporte (Polícia Federal):

  1. Verifique a documentação necessária. Atenção: Não há “renovação” e nem “prorrogação” de passaporte. Se o seu está com prazo de validade expirado ou prestes a expirar e você deseja obter um novo documento de viagem, serão exigidos TODOS os documentos originais relacionados e você deverá solicitar a emissão no próximo passo.
  2. Solicite a emissão do passaporte. Ao final da inclusão de seus dados será emitida a Guia de Recolhimento da União – GRU.
  3. Pague a GRU, respeitando sua data de vencimento. (A taxa gira em torno de 250 BRL).
  4. Após a compensação do pagamento (que pode variar de 2 a 3 dias), agende seu atendimento presencial em uma das unidades emissoras de passaporte.
  5. Compareça ao posto da PF escolhido, no dia e horário agendados (recomenda-se com 15 minutos de antecedência) munido da documentação original exigida, boleto GRU, comprovante de pagamento e comprovante de agendamento. Somente menores de 3 anos devem levar fotografia. Para todos os outros, a fotografia é coletada no momento do atendimento.
  6. Consulte o andamento do seu pedido de passaporte.
  7. O passaporte será entregue pessoalmente a seu titular, no horário e local indicados no dia da solicitação, mediante apresentação de documento de identidade, conferência da impressão digital e assinatura do documento.

Sanou suas dúvidas? Se não, entre em contato conosco!
A World Study aguarda você (com seu passaporte) para uma viagem inesquecível!

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.




Posts mais vistos


  • Baixe o e-book

    Baixe o e-book