Governo isenta educação de imposto que encarece viagens

Governo isenta educação de imposto que encarece viagens

Governo isenta educação de imposto que encarece viagens

Mesmo com o apelo do setor turístico o Governo Federal manteve a alíquota de 25% de Imposto de Renda cobrada para remessas ao exterior para pagamento de viagens de pessoas físicas residentes no Brasil. A cobrança era isenta até o final de 2015 e passou a ser cobrada automaticamente a partir de 1º de Janeiro de 2016 e vale para compra de passagens aéreas, reserva de hotéis e despesas pessoais. As compras com cartão de crédito pela Internet e pagamentos de diárias em hotéis no exterior continuam isentas.

Boa noticia para os estudantes:

No entanto, a decisão publicada no Diário Oficial desta terça-feira (26), isenta da cobrança as remessas destinadas a fins educacionais e científicos além das despesas com a cobertura de despesas com saúde.

Fonte: G1

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.




Posts mais vistos